Escritora ‘eu’preendedora

Gente, já aviso que esse post é completamente um desabafo.

Eu queria muito, mas muito mesmo conseguir ser ativa aqui no blog e em todas as redes, mas hoje eu quero contar aqui para vocês porque eu não consigo.

O autor independente é um empreendedor. Pior do que isso é um ‘eu’preendedor, por quê? Por que a grande maioria das coisas, nós fazemos sozinhos.

Somos nós que ficamos responsáveis por cuidar de todas as nossas redes sociais, produzir conteúdo para elas, imagens, manter o site atualizado, e ainda precisamos que no meio de tudo isso sobre tempo para que possamos escrever, e VIVER.

E sabe o que é pior? O retorno de todo esse trabalho é quase nulo. Isso mesmo. Eu, assim como a grande maioria dos autores independentes temos que fazer tudo isso para sermos vistos, e na maioria das vezes todo esse trabalho mal se converte em um seguidor novo ou uma compra. E ainda assim a gente não desiste, e continua fazendo.

Indo contra a maré de algoritmos que mudam o tempo todo nas redes sociais, e tentando se adaptar… é feed, é stories, é reels, é dancinha… a cada novo dia precisamos nos reinventar em busca de novos seguidores, um like, um compartilhamento… um interesse pelos meus livros, que no fim das contas é o que a gente busca.

Hoje em dia para aparecer na internet precisamos ser autores blogueirinhos, aparecendo em trocentos canais ao mesmo tempo e acreditem, é muito pesada essa rotina, e ela nos impede na maioria das vezes de fazer o que é o nosso interesse central: poder sentar e escrever.

Então quando vir postagens dos seus autores favoritos, curte, comenta, ENGAJA. Porque isso nos ajuda muito a vencer os obstáculos dos algoritmos. Nos ajuda a crescer, alcançar mais pessoas, e a ter uma sensação de dever cumprido com nossos posts, ao invés da sensação de que estamos perdendo tempo falando para as paredes porque as redes não entregam nossas postagens.

Eu estou tentando, eu juro.

Neste exato momento estou com duas antologias em campanha no catarse, o que me força a constantemente estar buscando apoios para elas, a Malum Memórium, terror baseado em fatos reais, e a Veludo e Sangue, em homenagem a Anne Rice, e além disso estou preparando um livro novo, que entra no catarse no mês que vem.

 

É de arrancar os cabelos, acreditem, mas quando as coisas dão certo, podemos dormir com a consciência tranquila. O problema é até as coisas darem certo.

Então sério, apoie de coração seus autores favoritos. Estamos matando vários leões por dia para continuarmos escrevendo. Alguns infelizmente desistem pelo caminho. Não deixem isso acontecer.

Converse, comente, curta, participe… o carinho de vocês faz a gente continuar nessa vida louca de ‘eu’preendedor, para que possamos sempre trazer coisas legais.

 

E ai, o que você já fez para apoiar um autor hoje?

Tagged , , , , , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.